Compartilhamento do conhecimento: um estudo de caso no Instituto Federal de Santa Catarina

Lenir Terezinha Zanuzzo, Jaqueline Besen, Fabiana Besen Santos, Clarissa Carneiro Mussi, Maurício Andrade de Lima

Resumo


A gestão do conhecimento é um fenômeno complexo e vem estabelecendo uma nova dinâmica na forma como as organizações compartilham o conhecimento, em especial as organizações públicas. As instituições públicas buscam o aprimoramento das ferramentas de gestão do conhecimento, com vistas ao cumprimento de sua missão, visão e ao alcance de seus objetivos estratégicos. Compreender como ocorre o compartilhamento do conhecimento em uma instituição pública de ensino constitui-se o objetivo deste estudo. Para isso, o trabalho investigou o uso de ferramentas de compartilhamento de conhecimento no Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), por meio de análise documental e entrevista. Os resultados indicam que o compartilhamento de conhecimento se efetiva por meio de diferentes formas, das quais se destaca o uso do e-mail institucional, a realização de reuniões presenciais e não presenciais, a disponibilização de documentos em plataformas institucionais, a promoção de capacitações e o uso de aplicativo de mensagem instantânea. Estas ferramentas contribuem para a promoção da cultura de cooperação e união, favorecendo as relações entre os servidores que, por sua vez, desenvolvem seu trabalho com mais eficácia.


Palavras-chave


Gestão do conhecimento. Compartilhamento do conhecimento. Instituições públicas.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


ABDULLAH, T.; DATE, H. Public sector knowledge management: a generic framework. Public Sector Management Review, v. 3, n. 1, p. 1-14, jan./jun. 2009.

ALCARÁ, A. R. et al. Fatores que influenciam o compartilhamento da informação e do conhecimento. Perspectivas em Ciência e Informação, v. 14, n. 1, p. 170-191, 2009.

ANGELIS, C. T. Gestão do conhecimento no setor público: um estudo de caso por meio do método OKA. Revista do Serviço Público, Brasília. v. 62, n. 2, p. 137-166, abr./jun. 2011.

ANGELONI, M. T. Organizações do conhecimento: infra-estrutura, pessoas e tecnologias, São Paulo: Editora Saraiva, 2002.

ARGOTE, L.; MCEVILY, B.; REAGANS, R. Managing knowledge in organizations: an integrative framework and review of emerging themes. Management Science, v. 49, n. 4, p. 571-282, abr. 2003. Disponível em: https://pdfs.semanticscholar.org/aeb2/3992f2a2d386a3a3521908c5354905fc3352.pdf?_ga=2.28317628.1056227889.1563200359-1874567787.1563200359. Acesso em: 09 abr. 2019.

BARBOSA, J. G. P.; MONTEIRO, L. S. I.; FREITAS, J. A. S. B. Compartilhamento de conhecimento: um estudo de caso em uma instituição financeira. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, João Pessoa, v. 2, n. 1, p. 137-154, 2012.

BARBOSA. R. R. Gestão da informação e do conhecimento: origens, polêmicas e perspectivas. Informação & Informação, Londrina, v. 13, n. 1, p. 1-25, 2008.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1979.

BATISTA, F. F. O governo que aprende: implementando a gestão do conhecimento no executivo federal. In: STAREC, C.; GOMES, E.; BEZERRA, J. (org.) Gestão estratégica da informação e inteligência competitiva. São Paulo: Saraiva, 2006. p. 185-194.

_____________. Modelo de gestão do conhecimento para a administração pública brasileira: como implementar a gestão do conhecimento para produzir resultados em benefício do cidadão. Brasília: IPEA, 2012.

BHATT, G. D. Knowledge management in organizations: examining the interaction between technologies, techniques, and people. Journal of Knowledge Management, v. 5, n. 1, p. 68-75. 2001.

BRITO, L. M. P. et al. Programa de mentoria: uma estratégia seminal de compartilhamento do conhecimento em uma empresa pública de energia. RACE: Revista de Administração, Contabilidade e Economia, v. 16, p. 209-234, 2017. Número Especial.

CAJUEIRO, J. L. G.; SICSÚ, A. B.; RIBEIRO, A. R. B. Elementos preliminares para a construção de modelos: a contribuição da gestão do conhecimento para instituições de ensino superior. Revista Gestão Industrial, Ponta Grossa, v. 5, n. 3, p. 219-234, 2018.

CARDOSO, O. N.; MACHADO, R. T. M. Gestão do conhecimento usando data mining: estudo de caso na Universidade Federal de Lavras. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 42, n. 3, p. 495-528, maio/jun. 2008.

CARVALHO, R. B. de. Aplicações de softwares de gestão do conhecimento: tipologia e usos. Belo Horizonte. 2000. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2000.

CAVALCANTI, M. Gestão de empresas na sociedade do conhecimento: um roteiro para a ação. Rio de Janeiro: Campus, 2001.

CHOO, C. W. A Organização do conhecimento: como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. São Paulo: Editora Senac, 2003.

COELHO, E. M. Gestão do conhecimento como sistema de gestão para o setor público. Revista do Serviço Público, Brasília, v. 55, n 1 e 2, p. 89-115, 2004.

CONG, X.; PANDYA, K. V. Issues of knowledge management in the public sector. Electronic Journal of Knowledge Management, v. 1, n. 2, p. 25-33, 2003.

DAVENPORT, T. H.; PRUSAK, L. Conhecimento empresarial: como as organizações gerenciam o seu capital intelectual. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

DE AGUIAR FILHO, A. S.; NASSIF, M. E. O papel dos grupos de apoio e o compartilhamento da informação e do conhecimento nas avaliações das instituições de ensino superior privadas. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 21, n. 3, p. 204-221, set. 2016.

DRUCKER, P. Sociedade pós-capitalista. 3. ed. São Paulo: Pioneira, 1993.

E-CONSULTING CORP. A gestão do conhecimento na prática. Revista HSM Management, São Paulo, v. 1, n. 42, p. 53-59, jan./fev. 2004.

DURST, S.; EDVARDSSON, I. R. Knowledge management in SMEs: a literature review. Journal of Knowledge Management, v. 16 n. 6, p. 879-903, 2012. Disponível em: https://doi.org/10.1108/13673271211276173. Acesso em: 9 abr. 2019.

FAROOQ, R. A conceptual model of knowledge sharing. International Journal of Innovation Science, v. 10, n. 2, p.238-260, 2018.

FRESNEDA, P. S. V.; GOULART, S. M. A experiência brasileira na formulação de uma proposta de política de gestão do conhecimento para a administração pública federal. Câmara dos Deputados, Brasília, 2007.

GOZZI, M. P. O processo de gestão do conhecimento em comunidades virtuais de aprendizagem. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, João Pessoa, v. 2, n. 2, p. 3-14, jul/dez. 2012.

GROTTO, D. O compartilhamento do conhecimento nas organizações, In: ______. Organizações do conhecimento: infraestrutura, pessoas e tecnologias. São Paulo: Saraiva, 2002. p. 106-119.

HERRERA, C. G. N. El liderazgo en la gestión del conocimento. 2008. Disponível em: https://www.academia.edu/18776696/El_liderazgo_en_la_gesti%C3%B3n_del_conocimiento. Acesso em: 15 jul. 2019.

IFSC. Plano de Desenvolvimento Institucional 2015-2019. Florianópolis, 2014. Disponível em: https://www.ifsc.edu.br/pdi. Acesso em: 23 fev. 2018.

_____. Política de Comunicação do IFSC. Florianópolis, 2014. Disponível em: http://www.ifsc.edu.br/documents/23567/0/politica_comunicacao_IFSC_edicao1.pdf. Acesso em: 10 nov. 2018.

_____. Regimento Geral do IFSC. Florianópolis, 2010. Disponível em: http://linkdigital.ifsc.edu.br/files/regimento_geral_atualizado2013.pdf. Acesso em: 30 nov. 2018.

_____. Relatório de Gestão IFSC. Florianópolis, 2017. Disponível em: http://www.ifsc.edu.br/documents/23567/185204/relatorio_gestao_2017.pdf. Acesso em: 30 nov. 2018.

_____. Site Institucional. Disponível em: https://www.ifsc.edu.br/o-ifsc. Acesso em: 15 jul. 2019.

LAKSHMAN, C. Organizational knowledge leadership: an empirical examination of knowledge management by top executive leaders. Leadership & Organization Development Journal, v. 30, n. 4, p.338-364, 2009.

LEE, K. C.; LEE, S.; KANG, I. W. KMPI: measuring knowledge management performance. Information and Management, v. 42, n. 3, p. 469-482, 2005.

LEITE, F. C. L.; COSTA, S. Repositórios institucionais como ferramentas de gestão do conhecimento científico no ambiente acadêmico. Perspectivas em Ciência da Informação, UFMG, Belo Horizonte, v. 11, n. 2, p. 206 -219, maio/ago. 2006.

LIMA, M. A. D. D. S.; ALMEIDA, M. C. P.; LIMA, C. C. A utilização da observação participante e da entrevista semi-estruturada na pesquisa de enfermagem. Revista Gaúcha de Enfermagem, Porto Alegre, v. 20, p. 130-142, 1999. Número especial. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/23461/000265980.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 19 nov. 2018.

LIAO, C., CHUANG, S. H., TO, P. L. How knowledge management mediates the relationship between environment and organizational structure. Journal of Business Research, v. 64, n. 7, 2011. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.jbusres.2010.08.001. Acesso em: 09 abr. 2019.

LIN, H. Effects of extrinsic and intrinsic motivation on emplouee knowledge sharing intentions. Journal of Information Science, v. 33, n. 2, p. 135-149, 2007.

LOPEZ, A. P., PEÓN, J. M. M., ORDÁS, C. J. V. Managing knowledge: the link between culture as organizational learning. Journal of Knowledge Management, v. 8 n. 6, p. 93-104, 2004. Disponível em: https://doi.org/10.1108/13673270410567657. Acesso em: 09 abr. 2019.

MARTINS, A. Compartilhamento do conhecimento entre os professores do departamento de ciências contábeis da Universidade Federal de Santa Catarina. 2007. 49 p. Monografia (Graduação em Ciências Contábeis) - Curso de graduação em Ciências Contábeis da Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2007.

MAXIMIANO, A. C. A. Introdução à administração. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2004.

MINAYO, M. C. et al. Pesquisa social. Petrópolis: Vozes, 1994.

MIRANDA, R. C. D. R. Gestão do conhecimento estratégico: uma proposta de modelo integrado. 2004. 289 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade de Brasília, Brasília, 2004.

MUSSI, C. C.; ANGELONI, M. T. Meios de compartilhamento do conhecimento no contexto de projetos de tecnologia da informação. Revista Estratégia e Negócios, Florianópolis, v. 4, n. 2, p. 30-60, jun./dez. 2011.

NEELY, S. R., COGGBURN, J. D. Incentives for sharing knowledge: a survey of scholarly practices in public affairs and administration. Political Science and Politics, v. 50, n. 2, p. 480-486, 2017.

NONAKA, I.; TAKEUCHI, H. Criação de conhecimento na empresa: como as empresas japonesas geram a dinâmica da inovação. Campus: Rio de Janeiro, 1997.

OCDE. Manual de Oslo: proposta de diretrizes para coleta e interpretação de dados sobre inovação tecnológica, Finep, 1997. Disponível em: http://www.finep.gov.br/images/a-finep/biblioteca/manual_de_oslo.pdf. Acesso em: 15 jul. 2019.

PROBST, G., RAUB, S. ROMHARDT, K. Gestão do conhecimento: os elementos constitutivos do sucesso. Bookman: Porto Alegre, 2002.

RIZZON, F. TAMIOSSO, L. C. FACHINELLI, A. C. Barreiras ao compartilhamento do conhecimento nas organizações: revisão sistemática de literatura. [2016]. Disponível em: http://www.ucs.br/etc/conferencias/index.php/mostraucsppga/xvimostrappga/paper/view/4858/1575. Acesso em: 27 nov. 2018.

RODRIGUES, L. C.; MACCARI, É. A. Gestão do conhecimento em instituições de ensino superior. Revista de Negócios, Blumenau, v. 8, n. 2, 2003.

SALIM, J. J. Era digital: o conhecimento em ação. GV Executivo, São Paulo, v. 1, n. 2, p. 55-59, out. 2003. Disponível em: http://dx.doi.org/10.12660/gvexec.v1n2.2003.34804. Acesso em: 08 abr. 2019.

SCHENKEL, M. B. D. C. Compartilhamento do conhecimento científico em instituição estadual de ensino superior: o caso do centro de ciências humanas e da educação da UDESC. 2008. 131 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Florianópolis, 2008. Disponível em: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/91642. Acesso em: 08 abr. 2019.

SCHONS, C. H. Um estudo do processo de criação do conhecimento nas pequenas empresas de base tecnológica quando do desenvolvimento de novos produtos. 2008. 219 p. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008. Disponível em: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/90850. Acesso em 08 abr. 2019.

SENGE, P. A dança das mudanças. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

SERVIN, G.; DE BRUN, C. ABC of knowledge management. NHS National Library for Health. 2005. Disponível em: https://issuu.com/ddiddo/docs/abc_of_km. Acesso em: 15 jul. 2019.

SORDI, V. F.; NAKAYAMA, M. K.; BINOTTO, E. Compartilhamento de conhecimento nas organizações: um modelo analítico sob a ótica da ação cooperativa. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, João Pessoa, v. 8, n. 1, p. 44-66, 2018.

TAKEUCHI, H.; NONAKA, I. Criação e dialética do conhecimento. In: TAKEUCHI, H.; NONAKA, I. (org.). Gestão do conhecimento. Porto Alegre: Bookman, 2008, p. 17-38.

TEIXEIRA FILHO, J. Gerenciando conhecimento. 2. ed. Rio de Janeiro: SENAC, 2001.

SVEIBY, K. The new organizational wealth: managing and measuring knowledge-based assets. Korean Edition, 2005. Disponível em: https://www.sveiby.com/files/pdf/new-org-wealthpreface.pdf. Acesso em: 08 abr. 2019.

TAYLOR, S. J.; BOGDAN, R. Introducción a lós métodos culitativos de investigación: la búsqueda de significados. Barcelona: Paidós, 1987.

TEODOROSKI, R. C. C. et al. Contribuição do capital intelectual no compartilhamento do conhecimento em uma rede de ensino superior privada. Revista de Gestão e Tecnologia, v. 3, n. 2, p. 105-113, 2013.

TERRA, J.C.C. Gestão do conhecimento: o grande desafio empresarial. 5. ed. Rio de Janeiro: Negócio, 2005.

TONET, H. C.; PAZ, M. D. G. T. Um modelo para o compartilhamento de conhecimento no trabalho. Revista de Administração Contemporânea, v. 10, n. 2, p. 75-94, 2006.

UBON, A.; KIMBLE, C. Knowledge management in online distance education. In: BANKS, S.; GOODYEAR, P.; HODGSON, V.; MCCONNEL, D. (ed.) Proceedings of the 3rd International Conference: Networked Learning 2002. Sheffield: Sheffield University Press, 2002. p. 465-473.

VON KROGH, G. How does social software change knowledge management? toward a strategic research agenda. The Journal of Strategic Information Systems, v. 21, n. 2, p. 154-164, 2012.

WANG, S.; NOE, R. A. Knowledge sharing: a review and directions for future research.

Human Resource Management Review, v. 20, n. 2, p. 115-131, 2010.

YIN, R. K. Pesquisa estudo de caso: desenho e métodos. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 1994.

YUSOF, Z. M. et al. Knowledge sharing in the public sector in Malaysia: a proposed holistic model. Information Development, v. 28, n. 1, p. 43-54, 2012.

ZABOT, J. B. M.; SILVA, L. C. M. Gestão do conhecimento: aprendizagem e tecnologia construindo a inteligência coletiva: São Paulo: Atlas, 2002.

ZHANG X. et al. From e-learning to social-learning: mapping development of studies on social media-supported knowledge management. Computers in Human Behavior, v. 51, p. 803-811, 2015.




DOI: https://doi.org/10.22279/navus.2019.v9n4.p177-194.926

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN - 2237-4558 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

 

Desde 18/10/2017

 

Licença Creative Commons

Os originais publicados na Navus estão disponibilizados de acordo com a Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil.