A introdução de tecnologias a favor da eficiência em operações logísticas: um estudo de caso no setor de serviços

Pedro Vieira Souza Santos

Resumo


O uso cada vez maior de tecnologias em ambientes empresariais, como suporte às operações, é notório. Ademais, o uso de ferramentas tecnológicas, em especial na logística e sua gestão, é considerada uma das formas mais eficientes de melhorar os negócios. Assim, para que as atividades logísticas possam ser executadas, o uso de tecnologias pode favorecer o objetivo primordial dessa área. Em face desse cenário, o intuito do presente trabalho foi definido como analisar o impacto da introdução de tecnologias em operações logísticas em uma empresa de serviços localizada em Pernambuco, comparando a evolução do setor antes e depois da utilização do aparato tecnológico em seu cotidiano. Como resultado, é notório que o programa cumpriu com seu objetivo de melhorar as operações do setor logístico da empresa, trazendo uma abordagem mais realista do que acontece no cotidiano do departamento, facilitando ainda a tomada de decisão por parte da gestão local.


Palavras-chave


Tecnologia. Gestão. Logística.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


ANDRADE, R. O. B.; AMBONI, N. Teoria geral da administração: das origens às perspectivas contemporâneas. São Paulo: M. Books do Brasil Editora Ltda, 2007.

APPOLINÁRIO, F. Dicionário de metodologia científica: um guia para a produção do conhecimento científico. São Paulo: Atlas, 2004.

ARAÚJO, L. C. G. Teoria geral da administração: aplicação e resultados nas empresas brasileiras. São Paulo: Atlas, 2004.

BALLOU, R. H. The Evolution and Future of Logistics and Supply Chain Management. European Business Review, v. 19, n. 4, p. 332-348, 2007.

BARROS, A. J. S.; LEHFELD, N. A. S. Fundamentos de metodologia: um guia para a iniciação científica. 2. ed. São Paulo: Makron Books, 2000.

BEŠLIĆ, I., BEŠLIĆ, D. Measuring performance in a production company as a source of competitive advantage, Economics of Agriculture, v. 57, n. 2, p. 313-326. 2010.

BONAZZI, F. L. Z.; ZILBER, M. A. Innovation and business model: a case study about integration of Innovation Funnel and Business Model Canvas. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, São Paulo, v. 16, n. 53, p. 616-637, 2014.

BOWERSOX, D. J.; CLOSS, D. J. Logística empresarial: o processo de integração da cadeia de suprimentos. São Paulo: Atlas, 2001.

BOWERSOX, D. J.; CLOSS, D. J. Logística empresarial: o processo de integração da cadeia de suprimentos. São Paulo/SP. Editora Atlas S.A. 2011

BOWERSOX, D. J.; CLOSS, D. J.; COOPER, M. B. Gestão da cadeia de suprimentos e logística. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

CERTO, S. C. Administração moderna. 9. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2003.

CHANKOV, S. M.; BECKER, T.; WINDT, K. Towards definition of synchronization in logistics systems, Procedia CIRP, v. 17, p. 594-599. 2014.

CHENG, J. H. Inter-organizational relationships and information sharing in supply chains. International Journal of Information Management, v. 31, p. 374-384, 2011.

CHRISTOPHER, M. Logistics & supply chain management. London: UK, 1992.

CRUZ, T. Sistemas, organizações e métodos: estudo integrado das tecnologias de informação. 3 ed. São Paulo: Atlas, 2007.

DAFT, R. L. Administração. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2005.

ELMARAGHY, H. et al. Product variety management. CIRP Ann. - Manuf. Technol. v. 62, p. 629–652, 2013.

ESCHENBÄCHER, J.; SEIFERT, M.; THOBEN, K-D. Improving distributed innovation processes in virtual organisations through the evaluation of collaboration intensities. Production Planning & Control: The Management of Operations, London, v. 22, n. 5-6, p. 473-487, 2011.

GHOUMRASSI, A.; ȚIGU, G. The impact of the logistics management in customer satisfaction. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON BUSINESS EXCELLENCE (ICBE), 19., 2017, Paris. Proceedings of ICBE: IRC, 2017. p. 292-301.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

GOVINDARAJA M.; NATARAJAN S. Principles of management. New Delhi: Published by Prentice Hall Limited, 2005.

GUPTA, U.; RAMESH, A. Analyzing the barriers of healthcare supply chain in India: the contribution and interaction of factors. Procedia- Social and Behavioural Sciences, v. 189, p. 217- 228, 2015.

MUNIZ JUNIOR, J. Administração da produção. Curitiba: Iesde Brasil. 2012.

KHERBACH, O.; MOCAN, M. L. The Importance of Logistics and Supply Chain Management in the Enhancement of Romanian SMEs, Procedia - Social and Behavioral Sciences, v. 221, p. 405-413, 2016.

KORECKÝ, M. Risk management in logistics. In: CARPATHIAN LOGISTICS CONGRESS (CLC), 2., 2012, Jeseník. Proceedings of CLC. Jeseník, Czech Republic: EU, 2012. p. 1-6.

LAKATOS P. NÉMETH G. Logistics performance assessment. In: MANAGEMENT SCIENCE TODAY INTERNATIONAL SCIENTIFIC CONFERENCE, 1., 2013, Hungary. Proceedings of the "Scientific Management". Hungary : University of Szeged, 2013. p. 277-283.

LAURINDO, F. J. B. Tecnologia da informação: planejamento e gestão de estratégias. São Paulo: Editora Atlas, 2008.

LI, X. Operations management of logistics and supply chain: issues and directions. Discrete Dynamics in Nature and Society, p. 1-7, 2014.

MAŠIĆ, B.; DŽUNIĆ, M.; NEŠIĆ, S. Savremena teorija menadžmenta - škole i novi pristupi. Beograd: Data status. 2014.

MAXIMIANO, A. C. A. Introdução à administração. São Paulo: Atlas, 2000.

MELVILLE, N. I. S. Innovation for environmental sustainability. MIS Quarterly, v. 34, n. 1, p. 1-21, 2010.

MOURA, A. R. Sistemas e técnicas de movimentação e armazenagem de materiais. São Paulo/SP: ed.IMAM, 2010.

MÜNCHHAUSEN, V. S.; HÄRING, A. M.; KNICKEL, K. The concept of the business logic for the management of values-based food businesses and chains. [2016]. Disponível em: http://orgprints.org/30694/1/Task2%20Report_version3.pdf . Acesso em: 10 set. 2018.

NOVAES, A. G. Logística e gerenciamento da cadeia de distribuição: estratégia, operação e avaliação. Rio de Janeiro: Campus, 2001.

OSIPOV, G. V.; KURTHS, J.; ZHOU, C. Synchronization in oscillatory networks. Berlin: Springer, 2007.

POTOCAN, V.; NEDELKO, Z.; MULEJ, M. Influence of Organizational Factors on Management Tools Usage in Slovenian Organizations. Engineering Economics, v. 23, n. 3, p. 291-300, 2012.

QUETTI, C.; PIGNI, F.; CLERICI, A. Factors affecting RFId adoption in a vertical supply chain: the case of the silk industry in Italy. Production Planning & Control: The Management of Operations, London, v. 23, n. 4, p. 315-331, 2012.

REEVES, M.; DEIMLER, M. Adaptability: the new competitive advantage. Harvard Business Review, v. 89, n. 7-8, p. 134-141, 2011.

REZENDE, D. A.; ABREU A. F. Tecnologia da informação aplicada a sistemas de informações empresariais: o papel estratégico da informação e dos sistemas de informação nas empresas. 8. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

SANTOS, P. V. S.; ROCHA, M. F. de B. Inovação no processo de desenvolvimento de estratégias competitivas em pequenas e médias empresas. Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão, v. 2, p. 1-48, 2017.

SILVA, E. L.; MENEZES, E. M. Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. 4. ed. Florianópolis: Laboratório de Ensino a Distância da Universidade Federal de Santa Catarina, 2005.

SO, S.; SUN, H. Supplier integration strategy for lean manufacturing adoption in electronic-enabled supply chains. Supply Chain Management, v. 15, p. 474-487, 2010.

TATARYNOWICZ, A.; SYTCH, M.; GULATI, R. Environmental demands and the emergence of social structure: Technological dynamism and interorganizational network forms. Administrative Science Quarterly, v. 61, n. 1, p. 52-86, 2016.

VAN CREVELD, M. Supplying war. New York, NY: Cambridge University Press, 2004.

VIJAYASARATHY, L. R. An investigation of moderators of the link between technology use in the supply chain and supply chain performance. Information & Management, v. 47, p. 364-371, 2010.

YAYLA, A. Y. et al. A hybrid data analytic methodology for 3PL transportation provider evaluation using fuzzy multi-criteria decision making, International Journal of Production Research, v. 53, n. 20, p. 6097-6113, 2015.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005. 212 p.

YUCESAN, E. The impact of information technology on supply chain management. In: JUNG, H.; JEONG, B.; CHEN, F. F. (org.). Trends in Supply Chain Design and Management: Technologies and Methodologies. London: Springer, 2007. cap. 6.




DOI: https://doi.org/10.22279/navus.2019.v9n3.p55-68.819

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN - 2237-4558 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

 

Desde 18/10/2017

 

Licença Creative Commons

Os originais publicados na Navus estão disponibilizados de acordo com a Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil.