Método de avaliação da qualidade para ambientes e trabalho compartilhado

Renata Pizoni, Janaína Pereira Guimarães, Edson Pacheco Paladini

Resumo


O sistema de trabalho Coworking emerge a partir de ambientes de iniciativas colaborativas tendo como foco o compartilhamento espacial. É um formato no qual diversas empresas, coletivas ou profissionais liberais, dividem o mesmo espaço buscando, em especial, a partilha dos gastos. Esta pesquisa teve como objetivo geral desenvolver um modelo de gestão e avaliação da qualidade com base nos indicadores da qualidade online, inline e offline. Também pôde-se levantar um rol de melhoriaspara os problemas identificados. Em linhas gerais, o maior intuito deste trabalho foi desenvolver um modelo de avaliação da qualidade aplicável às demais empresas do ramo de coworking. A presente pesquisa é caracterizada como exploratória, de natureza aplicada e com método científico indutivo. O procedimento técnico utilizado para desenvolver a pesquisa foi um estudo de caso aplicado a duas empresas de Coworking situadas em Florianópolis/SC. Com base nos dados obtidos ao longo da pesquisa, pôde-se chegar a onze eficientes indicadores da qualidade e consequentemente, onze melhorias, todas congruentes aos itens e empresas estudados.

Palavras-chave


Economia compartilhada. Coworking. Gestão da qualidade. Indicadores da qualidade.

Texto completo:

PDF html

Referências


BOSTMAN, Rachel; ROGERS, Roo. What’s mine is yours: the rise of collaborative consumption. New York: Harper Business, 2010.

BRUNETE, Caio Braz.; BERTI, Eduardo Vazquez. Economia compartilhada e o confronto de ideais capitalistas. In: CONGRESSO NACIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 16., 2016, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: SEMESP/ENIAC, 2016. Disponível em: http://conic-semesp.org.br/anais/files/2016/trabalho-1000023574.pdf. Acesso em: 28 abr. 2016.

COWORKING BRASIL. O que é Coworking? 2017. Disponível em:https://coworkingbrasil.org/como-funciona-coworking/. Acesso em: 25 set. 2018.

FERREIRA, Karolina Matias et al. Economia compartilhada e consumo colaborativo: uma revisão da literatura. XII CONGRESSO NACIONAL DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO, 12.; INOVARSE - RESPONSABILIDADE SOCIAL APLICADA, 3., 2016, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: FIRJAN, 2016.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

GURGEL JÚNIOR, Garibaldi Dantas; VIEIRA, Marcelo Milano Falcão. Qualidade total e administração hospitalar:explorando disjunções conceituais. Ciência & Saúde Coletiva, n. 7, p. 325-334, 2002.

INVESTMENT STRATEGY & RESEARCH. The sharing economy: new opportunities, new questions. Global Investor, Investment Strategy Research, 2015.

LOPES, Janice Correia da Costa. Gestão da qualidade: decisão ou constrangimento estratégico. 2014. Dissertação (Mestradoem Estratégia Empresarial) - Universidade Europeia, Lisboa, 2014.

MARCONI, Marina Andrade; LAKATOS, Eva. Fundamentos da metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2010.

MARTIN, Chris J. The sharing economy: A pathway to sustainability or a nightmarish form of neoliberal capitalism? Ecological Economics, Reino Unido, v. 121, p. 149-159, 2016.

MENDES, Francisco Schertel; CEROY, Frederico Meinberg. Economia compartilhada e a política nacional de mobilidade urbana: uma proposta de marco legal.Brasília: Núcleo de Estudos e Pesquisas/CONLEG/Senado, 2015.

MIGUEL, Paulo Augusto Cauchick. Metodologia de pesquisa em engenharia de produção e gestão de operações. São Paulo: Campus, 2011.

MORISET, Bruno. Building new places of the creative economy: The rise of coworking spaces. In: GEOGRAPHY OF INNOVATION INTERNATIONAL CONFERENCE, 2., 2014, Netherlands. Proceedings […]. Netherlands: Utrecht University, 2014. p. 1-25. Disponível em: https://halshs.archives-ouvertes.fr/halshs-00914075/document. Acesso em: 23 abr. 2017.

MUNHOZ, Anny Carolina Cantarero et al. Coworking e crowdsourcing: como modelos de negócios inovadores influenciam no desenvolvimento de start-ups. In: SEMINÁRIO EM ADMINISTRAÇÃO, 16., 2013, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: ANPAD, 2013.

PALADINI, Edson Pacheco. Avaliação estratégica da qualidade. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

PALADINI, Edson Pacheco. Gestão estratégica da qualidade: princípios, métodos e processos. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

SCHOR, Juliet. Debating the sharing economy. Great Transition Initiative Essay. 2014. Disponível em: http://www.msaudcolumbia.org/summer/wp-content/uploads/2016/05/Schor_Debating_the_Sharing_Economy.pdf. Acesso em: 01 set. 2018.

SHIRKY, Clay. Lá vem todo mundo: o poder de organizar sem organizações. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

SOARES, Juliana Maria Moreira; SALTORATO, Patricia. Coworking, uma forma de organização de trabalho: conceitos e práticas na cidade de são paulo. Atoz: Novas Práticas em Informação e Conhecimento, São Carlos, v. 4, n. 2, p. 8-19, jul. 2015.




DOI: https://doi.org/10.22279/navus.2019.v9n1.p122-135.788

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN - 2237-4558 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

 

Desde 18/10/2017

 

Licença Creative Commons

Os originais publicados na Navus estão disponibilizados de acordo com a Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil.