O método Getting Things Done (GTD) e as ferramentas de gerenciamento de tempo e produtividade

Mariana Alvim de Sá, Abner Eutéquio Benício da Silva, Guilherme de Freitas Oliveira, Jane Aparecida da Silveira

Resumo


Manter a produtividade elevada no meio de exorbitante quantidade de informações como ocorre atualmente, não é tarefa fácil. A dificuldade humana para gerir o tempo e tarefas, diante de uma lista de prioridades mal administradas muitas vezes fica evidente. Para colocar ordem na mente e deixá-la serena e livre para criar, David Allen desenvolveu o método GTD (Getting Things Done). Esse método conhecido mundialmente torna-se um grande aliado para implantação de um fluxo de trabalho gerenciável, sem muitas complicações e estresse. Este estudo foi baseado em pesquisas bibliográficas com abordagem qualitativa e descritiva, com objetivo de descrever os cincos estágios do método GTD elucidando o caminho para a prática e aplicação do próprio método. Como resultados, além da teoria do método, são apresentadas duas ferramentas disponíveis no mercado capazes de auxiliar na implementação do método. Como conclusões são apresentadas as características das ferramentas informatizadas e a importância do método para o gerenciamento de tempo e produtividade.  


Palavras-chave


Getting Things Done. Produtividade. Gerenciamento de Tempo. Trello. Evernote.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


ALLEN, David. Getting things done: A arte de fazer acontecer. Rio de Janeiro: Elsevier, 2001.

ALLEN, David. A arte de fazer acontecer. Rio de Janeiro: Sextante, 2015.

BARBOSA, Christian. A tríade do tempo. Rio de Janeiro: Sextante, 2012.

CASTELLI, Ian. Trello: como esta ferramenta pode ajudar você a organizar a sua vida. 2015. Disponível em:

Acesso em: 08 out. 2017.

DEMO, Pedro. Introdução à Metodologia da Ciência. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1985.

DENNING, P. J. Multitasking Without Thrashing. Communications of the ACM, v. 60, n. 9, p. 32-34, Sept. 2017.

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo (Org.). Métodos de pesquisa. Coordenado pela Universidade Aberta do Brasil – UAB/UFRGS e pelo Curso de Graduação Tecnológica – Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural da SEAD/UFRGS. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

GIL, Antônio Carlos. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GODINHO, Thais. Vida organizada: como definir prioridades e transformar seus sonhos em objetivos. São Paulo: Gente, 2014.

GODINHO, Thais. Método GTD: potencialize a sua produtividade aplicando essa metodologia em seu dia a dia. 2017. Disponível em: . Acesso em: 02 out. 2017.

KARLSON, Karola. How to find the best project planning software? 2016. Disponível em: . Acesso em: 11 out. 2017.

LEVITIN, Daniel J. A mente organizada: como pensar com clareza na era da sobrecarga de informação. Rio de Janeiro: Objetiva, 2015.

MARCON, Marcos. GTD: conheça o método de produtividade mais famoso do mundo. 2015. Disponível em: . Acesso em: 21 nov. 2017.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de Metodologia Científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MORITZ, G. O. et al. A prospecção de cenários nas universidades: variáveis portadoras de futuro e a trajetória estratégica da UFSC para 2022. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE GESTÃO UNIVERSITÁRIA NA AMÉRICA DO SUL, 10., 2010, Mar Del Plata. Anais... Mal Del Plata: Universidad Nacional de Mar Del Plata, 2010.

RIGBY, Darrell J. Ferramentas de gestão: um guia para executivos. São Paulo: Bain & Company, 2009.

SISI, Marcia Cristina. Como utilizar o Trello para aplicar o GTD. 2017. Disponível em: . Acesso em: 07 out. 2017.




DOI: https://doi.org/10.22279/navus.2018.v8n1.p72-87.646

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN - 2237-4558 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

 

Desde 18/10/2017

 

Licença Creative Commons

Os originais publicados na Navus estão disponibilizados de acordo com a Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil.