Integração inovadora entre empresas incubadas e universidades para geração contínua de vantagens competitivas em ambientes dinâmicos

Rogerio Tadeu de Oliveira Lacerda, Brianna Luiza Klein, Julia Figueiredo Fulco, Gabriel Santos, Kamilla Bittarello

Resumo


Esse artigo apresenta uma abordagem de integração entre startups e universidade, tendo como objetivos: (i) difundir práticas gerenciais inovadoras em empresas ligadas à incubadoras de empresas, (ii) estreitar a relação entre teoria e prática no ensino da Administração sobretudo em ambiente dinâmicos, (iii) criar um ambiente propício ao desenvolvimento das competências dos alunos do curso de Administração em um enfoque de aprendizagem pela ação, ao mesmo tempo que os empresários das empresas incubadas possam refletir sobre seus processos de gestão. Tal intento é alcançado por meio de uma abordagem construtivista de aprendizagem ativa, com participação ativa dos alunos de graduação de um curso de administração, sob supervisão de um professor-facilitador e dos empresários das startups. Esse artigo apresenta resultados de casos exploratórios que visam entender problemas gerenciais de empresas incubadas na incubadora MIDI Tecnológico e propõe modelos de decisão para os empresários a partir de seus valores e preferências. Essa pesquisa apresenta inovação no aspecto gerencial, onde é apresentado o uso da abordagem Lean Startup junto ao apoio à decisão construtivista, para avaliar e criar alternativas de ações no tocante ao desenvolvimento de produto e mercado. E em adição, esse trabalho também apresenta uma abordagem de integração inovadora entre empresas incubadas e universidades, onde a primeira pode se valer de conhecimento gerenciais presentes nos cursos de administração para melhorar seu desempenho, bem como os acadêmicos podem se valer da aprendizagem vivencial para aplicar conhecimentos que precisarão ser melhor explorados durante sua vida acadêmica e profissional.


Palavras-chave


Inovação. Construtivismo. Incubação de empresas. Decisão. Educação.

Texto completo:

PDF Html

Referências


ACHANGA, Pius et al. Critical success factors for lean implementation within SMEs. Journal of Manufacturing Technology Management, v. 17, n. 4, p. 460-471, 2006.

BANA E COSTA, C. A. Processo de Apoio à decisão: Problemáticas, Actores e Acções. ENE/UFSC. Florianópolis, 1995.

COOPER, Robert G. Perspective: The stage‐gate® idea‐to‐launch process—update, what's new, and nexgen systems. Journal of Product Innovation Management, v. 25, n. 3, p. 213-232, 2008.

DINGSØYR, T. et al. A decade of agile methodologies: Towards explaining agile software development. Journal of Systems and Software, v. 85, n. 6, p. 1213-1221, 2012.

EDEN, Colin; ACKERMANN, Fran; CROPPER, Steve. The analysis of cause maps. Journal of management Studies, v. 29, n. 3, p. 309-324, 1992.

EDMONSTONE, John. The Action Learner's Toolkit. London:Gower Publishing Company Limited, 2003.

ENSSLIN, L.; MONTIBELLER NETO, G.; NORONHA, S. M. D. Apoio à decisão: metodologias para estruturação de problemas e avaliação multicritério de alternativas. Florianopolis: Insular, 2001.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar trabalhos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 1991.

HALLGREN, Mattias; OLHAGER, Jan. Lean and agile manufacturing: external and internal drivers and performance outcomes. International Journal of Operations & Production Management, v. 29, n. 10, p. 976-999, 2009.

HASIN, Sanjay; BURCHER, Peter. Lean viewed as a philosophy. Journal of manufacturing technology management, v. 17, n. 1, p. 56-72, 2006.

HUDSON, M.; SMART, A.; BOURNE, M. Theory and practice in SME performance measurement systems. International Journal of Operations & Production Management, v. 21, n. 8, p. 1096-1115. 2001.

LACERDA, RTO; ENSSLIN, Leonardo; ROLIM ENSSLIN, Sandra. A performance measurement framework in portfolio management: A constructivist case. Management Decision, v. 49, n. 4, p. 648-668, 2011.

LORD, Thomas R. A comparison between traditional and constructivist teaching in college biology. Innovative Higher Education, v. 21, n. 3, p. 197-216, 1997.

MCCARTHY, J. Patrick; ANDERSON, Liam. Active learning techniques versus traditional teaching styles: two experiments from history and political science. Innovative Higher Education, v. 24, n. 4, p. 279-294, 2000.

MACVAUGH, Jason; NORTON, Mike. Introducing sustainability into business education contexts using active learning. International Journal of Sustainability in Higher Education, v. 13, n. 1, p. 72-87, 2012.

MAURYA, Ash. Running lean: iterate from plan A to a plan that works. Sebastopol: O'Reilly, 2012.

MARQUARDT, M. J. O poder da aprendizagem pela ação: como solucionar problemas e desenvolver líderes em tempo real. Rio de Janeiro: Senac Rio, 2005.

PEDLER, Mike. Action learning in practice. Burlington:Gower Publishing, Ltd., 2011.

PETTERSEN, Jostein. Defining lean production: some conceptual and practical issues. The TQM Journal, v. 21, n. 2, p. 127-142, 2009.

POWNER, Leanne C.; ALLENDOERFER, Michelle G. Evaluating hypotheses about active learning. International Studies Perspectives, v. 9, n. 1, p. 75-89, 2008.

QUMER, Asif; HENDERSON-SELLERS, Brian. An evaluation of the degree of agility in six agile methods and its applicability for method engineering. Information and software technology, v. 50, n. 4, p. 280-295, 2008.

RIES, Eric. The lean startup: How today's entrepreneurs use continuous innovation to create radically successful businesses. New York:Crown Books, 2011.

ROY, B. Decision science or decision-aid science? European Journal of Operational Research, v. 66, n. 2, p. 184-203, 1993.

TRKMAN, Peter. The critical success factors of business process management. International journal of information management, v. 30, n. 2, p. 125-134, 2010.

TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. O positivismo; a fenomenologia; o marxismo. São Paulo: Atlas, 1987.

YIN, Robert K. Case study research: Design and methods. Thousand Oaks: Sage publications, 2013.

WYNN-WILLIAMS, Kate; WHITING, Rosalind H.; ADLER, Ralph W. The influence of business case studies on learning styles: An empirical investigation. Accounting Education: an international journal, v. 17, n. 2, p. 113-128, 2008.




DOI: https://doi.org/10.22279/navus.2017.v7n2.p78-96.497

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN - 2237-4558 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

 

Desde 18/10/2017

 

Licença Creative Commons

Os originais publicados na Navus estão disponibilizados de acordo com a Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil.