Cooperativas e o modelo de gestão sob o prisma acadêmico: um estudo bibliométrico da última década

Andrieli de Fátima Paz Nunes, Deoclécio Junior Cardoso da Silva, Denise Adriana Johann, Nandria Scherer

Resumo


O presente artigo trata da produção científica relacionada às cooperativas mediante o contexto do seu sistema de gestão. A área foi escolhida em razão da importância da temática, uma vez que esse modelo de organização tem colaborado para o desenvolvimento econômico e social do País. Nesta perspectiva, a utilização de um bom sistema de gestão  garante a permanência das organizações cooperativas no processo evolutivo da economia. Dessa forma, o presente artigo tem como objetivo apresentar o cenário das pesquisas na produção científica internacional no tema Cooperativas e o Sistema de Gestão. Para isso, a metodologia adotada foi um estudo bibliométrico, sendo a busca realizada por tópico, onde resultou em 3.034 trabalhos encontrados no período de 10 anos (2008-2018). O número total de publicações foi identificado com evidência nos dados por ano, áreas temáticas, tipos de documentos, ano de publicação, autores, agências de financiamento e instituições, nacionalidade, idiomas, o índice h e o índice m. Por fim, o software Vosviewer foi utilizado para a criação de mapas textuais e clusters de cocitação. Dentre os resultados obtidos, o Brasil aparece como o décimo País no ranking em quantidade de publicações, sendo possível perceber o aumento relevante da temática em todo o mundo.


Palavras-chave


Cooperativas. Modelo de Gestão. Estudo Bibliométrico.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


AKAHOSHI, W. B.; BINOTTO, E. Cooperativas e capital social: caso da Copasul, Mato Grosso do Sul. Gest. Prod., São Carlos, v. 23, n. 1, p. 104-117, Mar. 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010430X2016000100104&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 03 abr. 2018.

ARAUJO, C. A. Bibliometria: evolução histórica e questões atuais. Em Questão, v. 12, n. 1, p. 11-32, 2006.

BELFORT, A. C.; FREITAS, H. M. R. ; MARTENS, C. D. P. Affordances em Tecnologia Móvel: Um Estudo Bibliométrico. Revista Alcance, v. 24, n. 3, jul./set. 2017.

BOESCHE, L.; MAFIOLETTI, R. L. Evolução e indicadores do cooperativismo brasileiro e paranaense. Curitiba: SISTEMA OCEPAR, 2005.

CANÇADO, A. C.; GONTIJO, Mário César Hamdan. Princípios cooperativistas: origem, evolução e influência na legislação brasileira. In. ENCONTRO DE INVESTIGADORES LATINO-AMERICANO DE COOPERATIVISMO, 3., 2005, São Leopoldo. Anais[...]. Unisinos, 2004

DA ROSA, L. Z. et al. A gestão em cooperativas de crédito: um estudo de caso sobre o conhecimento cooperativista dos colaboradores da cooperativa pioneira. Observatorio de la Economía Latinoamericana, n.1, v.1, p. 1-24, mar. 2019.

GIMENES, Régio Marcio Toesca; GIMENES, Fátima Maria Pegorini. Agronegócio cooperativo: a transição e os desafios da competitividade. Revista Cadernos de Economia, v. 11, n. 20, p. 45-72, 2007.

HAIR JR, J. F. Fundamentos de métodos de pesquisa em administração. Porto Alegre: Bookmen, 2005.

JACQUES, E. R.; GONÇALVES, F. O. Cooperativas de crédito no Brasil: evolução e impacto sobre a renda dos municípios brasileiros. Economia e Sociedade, v. 25, n. 2, p. 489-509, 2016.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDUSTRIA E COMERCIO EXTERIOR (MDIC). Balança comercial Brasileira: Cooperativas, 2015. Disponível em: http://www.mdic.gov.br/comercio-exterior/estatisticas-de-comercio-exterior/balanca-comercial-brasileira-cooperativas. Acesso em: 12 jan. 2017.

MUNIZ JUNIOR, Jorge; MAIA, Flávia Gabriele Manoel; VIOLA, Gian. Os principais trabalhos na teoria do conhecimento tácito: pesquisa bibliométrica 2000-2011. In: SIMPOI: SIMPÓSIO DE OPERAÇÕES HUMANITÁRIAS E CADEIAS SUSTENTÁVEIS, 14., São Paulo. Anais [...]. São Paulo: FGV, 2011.

OLIVEIRA, J. M. de; RIBEIRO, F. de S. A Empresa Júnior e a Formação De Empreendedores. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE PARQUES TECNOLÓGICOS E INCUBADORAS DE EMPRESAS, 23., 2013, Recife. Anais [...]. Recife: ANPROTEC, 2013.

OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Manual de gestão das cooperativas: uma abordagem prática. São Paulo: Atlas, 2015.

OCB. ORGANIZAÇÃO DAS COOPERATIVAS BRASILEIRAS. Agenda Institucional Do Cooperativismo. [2015]. Disponível em: http://www.brasilcooperativo.coop.br/site/ocb_congresso/downloads/Agenda_2016.pdf.

Acesso em: 10 abr. 2019.

ORGANIZAÇÃO DAS COOPERATIVAS BRASILEIRAS (OCB). História do cooperativismo. Disponível em: http://www.somoscooperativismo.coop.br/#/historia-do-cooperativismo. Acesso em: 15 abr. de 2019.

ORGANIZAÇÃO DAS COOPERATIVAS BRASILEIRAS (OCB). Relatório de gestão 2017. Brasília: OCB, 2018. Disponível em: https://www.ocb.org.br/assets/arquivos/RelatorioAnual/relatorio_de_gestao_OCB_2017.pdf. Acesso em: 22 abr. de 2019.

SALES, J E. Cooperativismo: Origens e Evolução. Revista Brasileira de Gestão e Engenharia, n. 1, p. 23-34, 2010.

SILVA, S. S.; SOUSA, A. R.; LEITE, E. T. Conflito de agência em organizações cooperativas: um ensaio teórico. Organizações Rurais & Agroindustriais, v. 13, n. 1, p. 63-76, 2011. Acesso em: 15 abr. 2018.




DOI: https://doi.org/10.22279/navus.2020.v10.p01-14.971

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN - 2237-4558 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

 

Desde 18/10/2017

 

Licença Creative Commons

Os originais publicados na Navus estão disponibilizados de acordo com a Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil.