Fontes de informação para inovação: estudo de casos em Santa Catarina

Priscila Machado Borges Sena, Ursula Blattmann, Gabriela Gonçalves Silveira Fiates

Resumo


Aborda a investigação das fontes de informação para inovação utilizadas pelos programas e mecanismo para o desenvolvimento de startups em Santa Cataria no segmento de tecnologia e inovação. Trata-se de uma pesquisa exploratório-descritiva, com abordagem qualitativa e emprego do método de estudo de caso. O corpus da pesquisa foi constituído pelo Sinapse da Inovação e pela Incubadora Centro Empresarial para Laboração de Tecnologias Avançadas, ambos pertencentes a Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras. Constatou-se a pertinência de serem realizadas mais e densas pesquisas sobre a importância das fontes de informação para a Gestão da Informação e do Conhecimento na inovação. Em se tratando do setor de startups principalmente, pois remetem a empresas de base tecnológica que necessitam de um produto ou serviço inovador e escalável.

Palavras-chave


Fontes de Inovação. Fontes de Informação. Startups.

Texto completo:

PDF Html

Referências


BANCO MUNDIAL. Relatório sobre o Desenvolvimento Mundial de 2016: dividendos digitais. Overview booklet. Banco Mundial, Washington, D.C. 2016. Licença: Creative Commons Attribution CC BY 3.0 IGO. Disponível em: http://documents.worldbank.org/curated/en/788831468179643665/pdf/102724-WDR-WDR2016Overview-PORTUGUESE-WebResBox-394840B-OUO-9.pdf. Acesso em: 26 set. 2017.

BARRETO, Aldo Albuquerque. Uma quase história da ciência da informação. DataGramaZero, v. 9, n. 2, p. 1-18, abr. 2008. Disponível em: http://www.dgz.org.br/abr08/Art_01.htm. Acesso em: 15 maio 2017.

BLANK, Steve. Four steps to the epiphany. 2 ed. Louisville: Cafepress, 2007.

BORKO, Harold. Information Science: what is it? American Documentation, v. 19, n. 1, p. 3-5, jan. 1968.

CÂNDIDO, Ana Clara. Gestão da informação e inovação aberta: oportunidades em ações integradas. Brazilian Journal of Information Science, Marília, v. 11, n. 2, p. 72-78, 2017. Disponível em: http://200.145.171.5/revistas/index.php/bjis/article/view/6515. Acesso em: 20 set. 2017.

CHOO, Chun Wei. A organização do conhecimento: como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. 2. ed. São Paulo: SENAC, 2006.

CHOO, Chun Wei. Perception and use of information sources by chief executives in environmental scanning. Library and Information Science Research, Boston, v. 16, p. 23-40, 1994.

CLARIVATY ANALYTICS. Top 100 Global Innovators. 2016. Disponível em:

http://top100innovators.stateofinnovation.thomsonreuters.com/. Acesso em 29 dez. 2016.

CRISPIN, Adriana C. O uso da informação em empresas do Setor metal-mecânico do município de Joinville - SC. 2005. 116 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Centro de Ciências da Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2005.

CRESWELL, John W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativos, quantitativos e mistos. Porto Alegre: Artmed, 2010.

CUNHA, Murilo Bastos da. Para saber mais: fontes de informação em ciência e tecnologia. 2. ed. Brasília: Briquet de Lemos, 2016.

DRUKER, Peter Ferdinand. Inovação e espírito empreendedor. São Paulo: Editora Pioneira, 1987.

ENDEAVOR BRASIL. Índice de Cidades Empreendedoras (ICE). 2014. Disponível em: http://info.endeavor.org.br/ice2014. Acesso em: 2 dez. 2017.

ENDEAVOR BRASIL. Índice de Cidades Empreendedoras (ICE). 2015. Disponível em: http://info.endeavor.org.br/ice2015. Acesso em: 2 dez. 2017.

ENDEAVOR BRASIL. Índice de Cidades Empreendedoras (ICE). 2016. Disponível em: http://info.endeavor.org.br/ice2016. Acesso em: 2 dez. 2017.

ENDEAVOR BRASIL. Índice de Cidades Empreendedoras (ICE). 2017. Disponível em: http://info.endeavor.org.br/ice2017. Acesso em: 2 dez. 2017.

FUNDAÇÃO Centos de Referência em Tecnologias Inovadoras, CERTI. 2016. Disponível em: http://www.certi.org.br/pt/acerti-historico. Acesso em: 24 jul. 2016

GAZE; Laura. Thomson Reuters announces the 2015 Top 100 Global Innovators. Reuters, 19 nov. 2015. Disponível em: http://www.reuters.com/article/tr-pr-innovations-idUSKCN0T72RA20151119. Acesso em: 26 nov. 2016.

INCUBADORA Centro Empresarial para Laboração de Tecnologias Avançadas, CELTA. 2016. Disponível em: http://www.celta.org.br/o-celta.html. Acesso em: 24 jul. 2016.

LEGY, L-R. I; ALBAGLI, S. Construindo a sociedade da informação no Brasil: uma nova agenda. DataGramaZero, v. 1, n. 5, 2000. Disponível em: http://www.dgz.org.br/out00/Art_02.htm. Acesso em: 20 abr. 2017.

MINAYO, M.C.S. (org.). Pesquisa Social: teoria, método e criatividade. 29. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.

PETRÓ, Bibiana. Análise do fluxo informacional dos gestores turísticos da unidade de conservação Parque Natural Municipal Mata Atlântica de Atalanta – SC. 2008. 184 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008. Disponível em: http://www.tede.ufsc.br/teses/PCIN0034-D.pdf. Acesso em: 12 ago. 2017.

PINHEIRO, Lena Vania Ribeiro. Processo evolutivo e tendências contemporâneas da Ciência da Informação. Informação & Sociedade: Estudos, v. 15, n. 1, 2005. Disponível em: http://www.informacaoesociedade.ufpb.br/IS1510501.htm. Acesso em: 30 jan. 2017.

RODRIGUES, Charles; BLATTMANN, Ursula. Gestão da informação e a importância do uso de fontes de informação para geração de conhecimento. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 19, n. 3, p. 4-29, jul./set. 2014. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/1515/1451. Acesso em: 24 jul. 2016.

SARACEVIC, Tefko. Ciência da Informação: origem, evolução e relações. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.1, n. 1, p. 41-62, jan./jun. 1996. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/235. Acesso em: 1 jul. 2016.

SINAPSE da Inovação. Histórico. 2016. Disponível em: http://sc.sinapsedainovacao.com.br/historico/. Acesso em: 24 jul. 2016.

YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2015.




DOI: https://doi.org/10.22279/navus.2019.v9n1.p192-200.825

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN - 2237-4558 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

 

Desde 18/10/2017

 

Licença Creative Commons

Os originais publicados na Navus estão disponibilizados de acordo com a Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil.