Educação empreendedora: um estudo bibliométrico sobre a produção científica recente

Cristiane Krüger, Denise Adriana Johann, Italo Fernando Minello

Resumo


O objetivo deste estudo é apresentar o cenário das pesquisas na área de educação empreendedora na base de dados Web of Science, incluindo a caracterização da produção, dos aspectos metodológicos e dos temas correlatos. O trabalho descritivo e quantitativo, de natureza bibliométrica, busca levantar as características da produção acadêmica. Para tanto, foi realizada uma pesquisa bibliométrica, na qual foram investigados 2.474 artigos publicados no período de 2008 a 2017, na respectiva base de dados, incluindo a caracterização da produção, dos aspectos metodológicos e dos temas correlatos. Inicialmente, foi identificado o total de publicações, sendo caracterizado por suas áreas temáticas, tipos de documentos, ano das publicações, autores, agências financiadoras e instituições, países, idiomas e, por fim, foi analisado o índice h-b e o índice m. A educação empreendedora nesta pesquisa apresenta-se como uma importante ferramenta para a disseminação do empreendedorismo, sendo o último considerado um dos responsáveis pelo desenvolvimento econômico e social. O estudo também evidencia a necessidade de maior incentivo para que se proporcione mais pesquisas e estudos sobre educação empreendedora no Brasil. No decorrer do trabalho percebeu-se a importância de mecanismos de busca como o Web of Science, que servem de ferramenta para que a comunidade acadêmica tenha acesso às publicações, assim como se busque demais informações a respeito da evolução dos temas de interesse.


Palavras-chave


Educação Empreendedora. Bibliometria. Empreendedorismo. Administração.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


BAKAR, R.; ISLAM, M. A.; LEE, J. Entrepreneurship Education: experiences in selected countries. International Education Studies, 8(1), 88-99. 2015.

BANKS, M. G. An extension of the hirsch index: indexing scientific topics and compounds. 2010.

COMISSÃO EUROPEIA. Rethinking education: investing in skills for better socio-economic outcomes. 2012

DE OLIVEIRA, A. G. M.; MELO, M. C. de O. L.; DE MUYLDER, C. F. Educação Empreendedora: O Desenvolvimento do Empreendedorismo e Inovação Social em Instituições de Ensino Superior. RAD. Vol.18, n.1, Jan/Fev/Mar/Abr, p.29-56, 2016.

DOLABELA, F. C. O segredo de Luísa: uma ideia, uma paixão e um plano de negócios. Ed. 30, Rev. Atual. São Paulo: de Cultura, 2006.

DOLABELA, F. C. Oficina do empreendedor: a metodologia do ensino que ajuda a transformar conhecimento em riqueza. Rio de Janeiro: Sextante, 2008.

DOLABELA, F.; FILION, L. J. Fazendo revolução no Brasil: a introdução da pedagogia empreendedora nos estágios iniciais da educação. Revista de Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas, v. 3, n. 2, 2013.

DORNELAS, J. C. A. Empreendedorismo: transformando ideias em negócios. 3. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.

DRUCKER, P. F. Inovação e Espírito Empreendedor: Prática e princípios. 6. ed. São Paulo: Pioneira, 1996.

EUROPEAN COMMISSION ENTERPRISE AND INDUSTRY DIRECTORATE-GENERAL. Entrepreneurship in higher education, especially in non-business studies: final report of the expert group. European Commission, 2008.

FAYOLLE, A.; GAILLY, B. The Impact of Entrepreneurship Education on Entrepreneurial Attitudes and Intention: Hysteresis and Persistence. Journal of small business management, V. 53, 1, 2015.

FILION, L. J. Diferenças entre sistemas gerenciais de empreendedores e operadores de pequenos negócios. Revista de Administração de Empresas - RAE, São Paulo, v.39, n. 4, p. 6-20, out./dez. 1999.

GEM - Global Entrepreneurship Monitor. Empreendedorismo no Brasil, Relatório Executivo, 2012. http://www.gemconsortium.org/report/48545 pdf. Acesso em 10 de fevereiro de 2018.

GEM - Global Entrepreneurship Monitor. Empreendedorismo no Brasil, Relatório Executivo, 2015.

GERBER, M. E. Empreender: fazendo a diferença. São Paulo: Fundamento Educacional, 2004.

GOMES, D. C.; SILVA, L. A. F. Educação empreendedora no ensino profissional: desafios e experiências numa instituição de ensino. HOLOS, Ano 34, Vol. 01, 2018.

HAIR JR, J. F. Fundamentos de métodos de pesquisa em administração. Joseph F. Hair Jr., Barry Babin, Arthur H. Money e Philip Samuel; tradução Lene Belon Ribeiro. – Porto Alegre: Bookmen, 2005.

HANDRIMURTJAHJO, A. D.; SETIADI, N. J.; KUNCORO, E. The Role of Entrepreneurship Education in Forming Students' Entrepreneurial Attitudes. Advanced science letters. v. 21, n. 4, 2015.

HIRSCH, J.E. An index to quantify an individual’s scientifi c research output. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, 102(46):16569-16572, 2005.

HISRICH, R. D.; PETERS, M. P. Empreendedorismo. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2004.

HISRICH, R. D.; PETERS, M. P.; SHEPHERD, D. A. Empreendedorismo. 7. ed. Porto Alegre: Bookman, 2009.

KELLY, C. D.; JENNIONS, M. D. The h index and career assessment by numbers. Trends in Ecology and Evolution, v.21, n.4, p.167-170, 2006.

KATZ, J. A. The chronology and intellectual trajectory of American entrepreneurship education 1876-1999. Journal of Business Venturing, New York, 18(2), 283, 2003.

KLEIN, P.; BULLOCK, J. B. Can Entrepreneurship Be Taught? Journal of Agricultural and Applied Economics, 38, issue 02, 2006.

KRAKAUER, P. V. C.; PORTO, M. C. G.; OLIVEIRA, C. S. M. O.; ALMEIDA, M. I. R. Ensino de Empreendedorismo: Utilização do Business Model Generation. Revista de Administração e Inovação, São Paulo, v. 12, n.1, p.07--23, jan./mar. 2015

LIMA, E., LOPES, R. M. A., NASSIF, V. M. J.; SILVA, D. Ser seu próprio patrão? Aperfeiçoando-se a educação superior em empreendedorismo. Revista de Administração Contemporânea, 19(4), 419-439, 2015b.

LIMA, E., LOPES, R. M. A., NASSIF, V., SILVA, D. Intenções e Atividades Empreendedoras dos Estudantes Universitários – Relatório do Estudo GUESS Brasil 2011. Grupo APOE – Grupo de Estudo sobre Administração de Pequenas Organizações e Empreendedorismo, PMDA-UNINOVE. Caderno de pesquisa, n. 2011-01. São Paulo: UNINOVE. 2011.

LIMA, E.; LOPES, R. M. A.; NASSIF, V. M. J.; SILVA, D. Oportunities to improve entrepreneurship education: contributions considering Brazilian Challenges. Journal of Small Business Management, v.53, n. 4, p. 1033–105, 2015a.

LIMA, E.; NASSIF, V. M. J.; LOPES, R. M. A.; SILVA, D. Educação Superior em Empreendedorismo e Intenções Empreendedoras dos Estudantes – Relatório do Estudo GUESS Brasil 2013-2014. Grupo APOE – Grupo de Estudo sobre Administração de Pequenas Organizações e Empreendedorismo, PPGA-UNINOVE. Caderno de pesquisa, n. 3. São Paulo: Grupo APOE. 2014b.

LOPES, C. L. J. Educação Empreendedora: Um estudo do projeto de empreendedorismo 10.0 aplicado aos alunos do curso técnico em informática. Revista de Empreendedorismo, inovação e tecnologia, 1(1)39-44, 2014.

MCCLELLAND, D. C. Characteristics of Successful Entrepreneurs. The Journal or Creative Behavior, v. 21, n. 3. p. 219-233, 1987.

MOREIRA, H. S. A.; MOREIRA, M. A.; SILVA, W. A. C. Dez anos de pesquisa em empreendedorismo apresentados nos enanpads de 2003 a 2012: análise dos autores engajados na área. REGEPE. v. 3, n. 1, 2014.

MORETTI, S. L. A.; CAMPANÁRIO, M. A. A produção intelectual brasileira em responsabilidade social empresarial – rse sob a ótica da bibliometria. Revista de administração contemporânea, v. 13, nº 8. 2009

PORTELA, J.; HESPANHA, P.; NOGUEIRA, C.; TEIXEIRA, M.; BAPTISTA, A. Empreendedorismo um conceito plural, in Microempreendedorismo em Portugal: Experiências e Perspectivas. Lisboa: INSCOOP, 18-49, 2008.

SCHAEFER, R.; MINELLO I. F. A Formação de Novos Empreendedores: Natureza da Aprendizagem e Educação. Revista da Micro e Pequena Empresa FACCAMP, Campo Limpo Paulista, v.11, n.3 p. 2-20, 2017.

SCHAEFER, R.; MINELLO I. F. Educação Empreendedora: Premissas, Objetivos e Metodologias. Revista Pensamento Contemporâneo em Administração. Rio de Janeiro. v. 10, n. 3, jul./set. 60-81, 60, 2016.

SCHUMPETER, J. A. O Fenômeno Fundamental do Desenvolvimento Econômico. In: A Teoria do Desenvolvimento Econômico. Rio de Janeiro: Nova Cultural, 1985.

SILVA, J. F.; PENA, M. P. R. O. Bê-á-bá do Ensino em Empreendedorismo: Uma Revião da Literatura sobre os Métodos e Práticas da Educação Empreendedora. Revista de Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas. v. 6, n. 2 , p. 372-401, Mai/Ago. 2017.

SOUZA, E. C. L.; SOUZA, C. C. L.; ASSIS, S. A. G.; ZERBINI, T. Métodos e Técnicas de Ensino e Recursos Didáticos para o Ensino do Empreendedorismo em IES Brasileiras. In: SOUZA, E. C. L.; GUIMARÃES, T. A. (Orgs.) Empreendedorismo além do plano de negócio. São Paulo: Atlas: 2006.

TAVARES, C. M., DE MOURA, G. L.; ALVES, J. N. Educação empreendedora e a geração de novos negócios. Observatorio de la Economía Latinoamericana, Número 188, 2013.

UNCTAD Secretariat. Division on Investment and Enterprise: Results and Impact – Report 2015, United Nations Conference on Trade and Development (UNCTAD), Genebra. http://unctad.org/en/PublicationsLibrary/ diae2015d1_en.pdf. Acessado em: 20 de fevereiro de 2017.

VEIGA, C. Espírito Santo Empreendedor. Vitória: Sebrae, Findes, 2006.

VIEIRA, S. F. A., MELATTI, G. A., NEGREIROS, L. F., & FERRI, C. M. A visão dos estudantes universitários de Administração sobre empreendedorismo: comparações entre o Estudo Guess Brasil 2011 com o levantamento realizado na Universidade Estadual de Londrina- PR. Revista de Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas, 3(3), 77-103, 2014.

VOLKMANN, C. Entrepreneurship Studies – an Ascending Academic Discipline in the twenty-first Century. Higher Education in Europe 29, 2: 177-185, 2004.

ZAMPIER, M. A.; TAKAHASHI, A. R. W. Competências e aprendizagem empreendedora em MPE’s educacionais. Revista Pensamento Contemporâneo em Administração. v. 8, n. 3, 2014.




DOI: https://doi.org/10.22279/navus.2018.v8n4.p125-145.722

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN - 2237-4558 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

 

Desde 18/10/2017

 

Licença Creative Commons

Os originais publicados na Navus estão disponibilizados de acordo com a Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil.