Contribuições da carona solidária no processo de compartilhamento do conhecimento

Paula Kaneoya Arasaki, Caroline Santos de Cisne, Alexandre Ueno, Neri dos Santos

Resumo


Atualmente, são mais de 85 milhões de carros no Brasil, que impactam a mobilidade de diversas cidades do País. Somado a este fato, questões relacionadas ao meio ambiente são de interesse crescente da sociedade, estimulando iniciativas como as caronas solidárias. Com o propósito de contribuir com a melhoria da mobilidade das cidades e reduzir impactos ao meio ambiente, diversas empresas aderiram à iniciativa. No entanto, pode-se formular uma questão de pesquisa que, eventualmente, poderia esclarecer melhor esta afirmativa, que pode ser caracterizada como uma tendência nas cidades mais inteligentes: “A carona solidária consiste apenas no compartilhamento do veículo? Ou se trata de algo mais? ”. A partir desta questão de pesquisa, o artigo teve como objetivo verificar os impactos da carona solidária para as organizações que a promovem, utilizando-se como referência a análise de caso de uma organização intensiva em conhecimento situada na cidade de Florianópolis – Santa Catarina. A metodologia segue uma abordagem predominantemente qualitativa, reunindo conceitos e princípios preliminarmente coletados, buscando-se compreender o fenômeno da carona solidária, utilizando-se questionários e entrevistas semiestruturadas como instrumento de pesquisa. Complementarmente a pesquisa adota um tratamento de dados realizado quantitativamente, utilizando-se a bibliometria dos dados coletados na revisão de literatura realizada de forma sistemática. Não foram estabelecidos números mínimos nem máximos de colaboradores a serem entrevistados, pois foram todos voluntários a prestar mais informações acerca da iniciativa. Como resultado a pesquisa aponta que a carona solidária contribui na melhoria da autoestima, humor e qualidade de vida dos trabalhadores pelo compartilhamento de seus conhecimentos, além de impactar na organização, desenvolvendo relações profissionais e pessoais, melhoria da imagem organizacional e a melhoria da comunicação entre colaboradores que fortalecem a retenção de talentos nas organizações.


Palavras-chave


Gestão do conhecimento. Compartilhamento de conhecimento. Carona Solidária.

Texto completo:

PDF

Referências


APLICATIVO oferece carona a amigos das redes sociais. [2015]. Disponível em: . Acesso em: 29 ago. 2015.

BARCZAK, R.; DUARTE, F. Impactos ambientais da mobilidade urbana: cinco categorias de medidas mitigadoras. Revista Brasileira de Gestão Urbana, Curitiba, v. 4, n. 1, p. 13-32, jan./jun. 2012.

BRASIL. Conselho Nacional de Saúde. Resolução n. 466, de 12 de dezembro de 2012. [2012]. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 13 jun. 2013. Seção 1, p. 59.

BRASIL. Câmara dos Deputados. COMISSÃO aprova proposta que cria sistema nacional de transporte solidário. Brasília: Câmara dos Deputados, 2014. Disponível em: . Acesso em: 30 ago. 2015.

CHOO, C. W. A organização do conhecimento: como as organizações usam a informação para criar significado, construir conhecimento e tomar decisões. São Paulo: Senac São Paulo, 2003.

DAVENPORT, T.H.; PRUSAK, L. Conhecimento empresarial: como as organizações gerenciam o seu capital intelectual. 15. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003.

DICIONÁRIO de português online: significado de carona. Disponível em: . Acesso em: 30 ago. 2015.

DIMITRAKOPOULOS, G.; PANAGIOTIS, D.; KOUTRA, V. Intelligent management functionality for improving transportation efficiency by means of the car pooling concept. IEEE transactions on intelligent transportation systems, v. 13, n. 2, 2012. Disponível em: . Acesso em: 30 ago. 2015.

FEDERAÇÃO NACIONAL DA DISTRIBUIÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES (FENABRAVE). Anuário 2014: o desempenho da distribuição automotiva no Brasil. [2015]. Disponível em: . Acesso em: 21 ago. 2015.

HANSEN, M. T. Colaboração: o segredo dos grandes líderes para evitar armadilhas, promover a união e conseguir excelentes resultados. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). População do Brasil. 2015. Disponível em: . Acesso em: 29 ago. 2015.

JORDÃO, C. Carona, uma saída inteligente. [S.l.]: Planeta Sustentável, 2012. Disponível em: . Acesso em: 29 ago. 2015.

MARTINS, J. 6 dicas para reter talentos na sua empresa. [2014]. Disponível em: . Acesso em: 20 ago. 2015.

MELHORES aplicativos para pedir carona. Disponível em: . Acesso em: 30 ago. 2015.

NONAKA, I.; KONNO, N. The concept of “Ba”: building a foundation for knowledge creation. California Management Review, v. 40, n. 3, p. 40-54, Spring, 1998.

NONAKA, Ikujiro; TAKEUCHI, Hirotaka. Criação de conhecimento na empresa: como as empresas japonesas geram a dinâmica da inovação. Rio de Janeiro: Elsevier, 1997.

OLIVEIRA, S. C. de. Educação ambiental para promoção da saúde com trânsito solidário. 2013. Dissertação (Mestrado em Serviços de Saúde Pública) – Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: . Acesso em: 30 ago. 2015.

POPULAÇÃO se organiza para promover carona solidária durante greve do transporte público em Florianópolis. Diário Catarinense, Florianópolis, 10 jun. 2013. Disponível em: . Acesso em: 30 ago. 2015.

PROBST, G.; RAUB, S.; ROMHARDT, K. Gestão do conhecimento: os elementos construtivos do sucesso. Porto Alegre: Bookman, 2002.

SANTOS, G.; BEHRENDT, H.; TEYTELBOYM, A. Part II: policy instruments for sustainable road transport. Research in transportation economics, v. 28, 2010. Disponível em: . Acesso em: 30 ago. 2015.

SENGE, Peter M. A quinta disciplina: arte e prática da organização que aprende. 23. ed. Rio de Janeiro: BestSeller, 2008.

SHARECAR: carona solidária é alternativa para o dia a dia. [2015]. Disponível em: . Acesso em: 29 ago. 2015.

SILVA, D. B. L. da. A formação do capital social baseada em organizações intensivas em conhecimento como fator de desenvolvimento local sustentável: estudo de caso de uma associação de empresas de tecnologia. 2010. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

SVEIBY, K. E. A knowledge-based theory of the firm to guide in strategy formulation. Journal of intellectual capital, v. 2, n. 4, p. 344-358, 2001.

TAKEUCHI, Hirotaka; NONAKA, Ikujiro. Gestão do conhecimento. Porto Alegre: Bookman, 2008.

TIWANA, A. The Knowledge Management Toolkit. Orchestrating IT, Strategy and Knowledge Platforms. [S.l.]: Prentice Hall PTR, 2002.

WILSON, J.; GOODMAN, P.; CRONIN, M. Group Learning. Academy of Management Review, New York, v. 32, n. 4, p. 1041-1059, 2007.

YOUSAF, Jamal et al. Generalized multipath planning model for ride-sharing systems. Frontiers of computer science, v. 8, n. 1, 2014. Disponível em: . Acesso em: 30 ago. 2015.




DOI: https://doi.org/10.22279/navus.2016.v6n3.p40-55.376

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN - 2237-4558 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

 

Desde 18/10/2017

 

Licença Creative Commons

Os originais publicados na Navus estão disponibilizados de acordo com a Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil.