A pesquisa-ação como estratégia de avaliação da inovação social: estudo de uma entidade educacional do município de Florianópolis

Alexandre Gava Menezes, Alvaro Guillermo Roas Lezana, Luciana Francisco de Abreu Ronconi, Elaine Cristian de Oliveira Menezes, Évelyn Nunes de Melo

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar a articulação entre pesquisa-ação e a avaliação desenvolvimental na adequada avaliação e no aprimoramento da inovação social. A pesquisa foi desenvolvida junto a uma entidade promotora da educação e do desenvolvimento familiar, que possui dentre seus programas e ações um centro educacional, voltado para educação infantil, no município de Florianópolis. O quadro teórico mobilizado é baseado na perspectiva da inovação social, da avaliação desenvolvimental e da pesquisa-ação. Os aspectos metodológicos correspondem a uma abordagem predominantemente qualitativa, baseado na pesquisa-ação, cuja estratégia de coleta de dados foi a realização de entrevistas individuais e coletivas, bem como a observação participante. Também se valeu da abordagem quantitativa, por meio da aplicação de questionários e realização de sumarizações. A pesquisa de campo foi realizada no período de agosto de 2014 a novembro de 2015. Os resultados da pesquisa ressaltam a importância da pesquisa-ação no acompanhamento e avaliação da inovação social, visto que promove o desenvolvimento de soluções pela organização pesquisada em tempo mais curto do que quando da adoção de estratégias tradicionais de avaliação (somativa e formativa). Além disso, possibilitou uma maior aproximação e envolvimento das famílias nas atividades e programas promovidos pela escola.

 

 


Palavras-chave


Pesquisa-ação. Avaliação Desenvolvimental. Inovação Social. Organização sem fins lucrativos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22279/navus.2016.v6n2.p93-105.367

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN - 2237-4558 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

 

Desde 18/10/2017

 

Licença Creative Commons

Os originais publicados na Navus estão disponibilizados de acordo com a Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil.