Uma leitura crítica da técnica e da tecnologia: da razão instrumental à tecnoética

Daniel Victor Martins, André Felipe de Albuquerque Fell, Nilke Pizziolo Fell

Resumo


O trabalho busca promover uma análise e crítica sobre modelos de conhecimentos entre a técnica e a
tecnologia pautadas na sua aplicabilidade como ciência, por meio de dois caminhos temporais: pela via
moderna e contemporânea. Partimos da argumentação de como esses modelos de conhecimento
instrumentais são levados na condição de finalidade para o homem. No nosso enfoque, tais modelos
instrumentais representam a base de sustentação da sociedade para atender às necessidades da evolução
humana. A reflexão se desenvolve em duas partes, a saber: a primeira analisa os elementos entre a técnica e a
tecnologia quanto conceito, progresso e suas implicações; na segunda, justificamos como a categoria ética se
coloca como eixo de equilíbrio entre a identidade da técnica e da tecnologia, pela via tecnoética. A
argumentação propõe um eficiente instrumento de compreensão para um novo olhar da compreensão da
virtude e progresso das ações do homem.


Palavras-chave


Conhecimento. Técnica. Tecnologia. Tecnoética. Virtude.

Texto completo:

Áudio PDF


DOI: https://doi.org/10.22279/navus.2013.v3n1.p31-35.84

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN - 2237-4558 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

 

Desde 18/10/2017

 

Licença Creative Commons

Os originais publicados na Navus estão disponibilizados de acordo com a Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil.