Perfil e características de Empresas de Base Tecnológica (EBTS): uma análise de empresas lagoanas

Luciana Peixoto Santa Rita, Claudio Zancan, Francisco José Peixoto Rosário, Reynaldo Rubem Ferreira Junior, Eliana Maria de Oliveira Sá, Dayseanne Costa Teixeira

Resumo


Este artigo trata das empresas de tecnologia com atuação em Maceió, em Alagoas, Brasil, priorizando sua caracterização, perfil e grau de desenvolvimento tecnológico, a participação nas incubadoras ou programas de aceleração e tipos de produtos/serviços desenvolvidos. O estudo é de natureza descritiva-exploratória e considerou  o censo das empresas localizadas a partir de informações de duas incubadoras tecnológicas, SEBRAE/AL e de instituições de fomento e pesquisa. Realizou-se um levantamento documental e, posteriormente, um survey junto às empresas.  A análise dos dados utilizou técnicas estatísticas descritivas. Os resultados apresentam especificidades do segmento como: perfil, número de empregados, pontos críticos, grau de desenvolvimento do negócio, diversificação de produtos, áreas de atuação, dentre outros. Os resultados da pesquisa apontaram que nas empresas não formalizadas, a questão da incubação, fase de estruturação do negócio e recursos financeiros são fatores limitadores. A pesquisa também identificou que cerca de 40% consideram que oferecem um produto/serviço inovador.


Palavras-chave


Empresas de Base Tecnológica. Incubadoras de Empresas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22279/navus.2016.v6n1.p30-40.310

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN - 2237-4558 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

 

Desde 18/10/2017

 

Licença Creative Commons

Os originais publicados na Navus estão disponibilizados de acordo com a Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil.