Implementação da Metodologia Lean Six Sigma em uma indústria química

Luana Carvalho Luiz, Jean Marcell Lara Tybuszeusky, Daiane Maria De Genaro Chiroli

Resumo


Diante das mudanças ocorridas no ambiente industrial e do aumento da competitividade entre as empresas, houve a busca por melhorias nos modelos de gestão utilizados para a produção dos produtos. Dentre as metodologias utilizadas, destaca-se o Lean Six Sigma, que tem sido implementada em diferentes ambientes fabris, apresentando como finalidade a redução da variabilidade e eliminação dos defeitos, que, por consequência, gera resultados positivos em relação à satisfação dos clientes e aumento na produtividade, além do incremento na receita. Diante deste contexto, o presente trabalho tem por objetivo realizar um estudo da implementação da metodologia Lean Six Sigma em uma indústria do setor químico, sendo caracterizado como um estudo de caso. Para isso, faz-se uso da metodologia DMAIC, incorporando ferramentas da qualidade e do Six Sigma para identificar e propor melhorias em partes do processo produtivo que apresentam falhas. A superprodução foi o tipo de desperdício estudado pelo trabalho no contexto organizacional e, no período de dois meses de análise, esta totalizou 285,16 Kg de produto acabado, o que correspondeu a R$ 905,75 em termos financeiros. Desta maneira, o custo anual das sobras é equivalente a R$ 5.434,50. As soluções levantadas para o problema foram organizadas com o auxílio da ferramenta 5W2H e estão relacionadas principalmente à correta mensuração dos insumos de produção e água utilizados no processo.


Palavras-chave


Lean Six Sigma. DMAIC. Superprodução.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


ABIQUIM (Associação Brasileira da Indústria Química). O desempenho da indústria química em 2017. [2017]. Disponível em: https://abiquim.org.br/uploads/guias_estudos/desempenho_industria_quimica_2017.pdf. Acesso em: 02 maio 2018.

CARVALHO, Marly Monteiro; PALADINI, Edson Pacheco. Gestão da qualidade: teoria e casos. 2. ed. Rio de Janeiro, RJ: Elsevier; Campus, 2012.

CHIROLI, Daiane Maria De Genaro et al. Um estudo sobre os custos da qualidade em uma empresa metal mecânica. Espacios, v. 37, p .19, 2016. Disponível em: https://www.revistaespacios.com/a16v37n04/16370420.html. Acesso em: 21 set. 2019.

CONCEIÇÃO, Rodrigo Subirá et al. Lean six sigma: implementation of improvements to the industrial cost management. Independent Journal of Management & Production, v. 10, p. 2023-2045, 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.14807/ijmp.v10i6.996. Disponível em: http://www.ijmp.jor.br/index.php/ijmp/article/view/996/1228. Acesso em: 03 dez. 2019.

DROHOMERETSKI Everton et al. Lean, Six Sigma and Lean Six Sigma: an analysis based on operations strategy, International Journal of Production Research, v. 52, n. 3, p. 804-824, 2014. DOI 10.1080/00207543.2013.842015. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/00207543.2013.842015. Acesso em: 19 fev. 2020.

MARTINELLI, Fernando B. Gestão da Qualidade Total. Rio de Janeiro: Fundação Biblioteca Nacional, 2009.

MOREIRA, Rafael; ARBACHE, Jorge. Os serviços e a indústria química . Disponível em: https://economiadeservicos.com/2016/12/19/os-servicos-na-industria-quimica/#comments. Acesso em: 02 maio 2018.

PEPPER, M. P. J.; SPEDDING, T. A. The evolution of lean Six Sigma. International Journal of Quality and Reliability Management, v. 27, n. 2, p. 138–155, 2010. DOI 10.1108/02656711011014276. Disponível em: https://www.emerald.com/insight/content/doi/10.1108/02656711011014276/full/html. Acesso em: 12 dez. 2019.

RAVAL, S. J.; KANT, R.; SHANKAR, R. Revealing research trends and themes in 89 Lean Six Sigma: from 2000 to 2016. International Journal of Lean Six Sigma, v. 9, n. 3, p. 399-443, 2018. DOI:10.1108/IJLSS-03-2017-0021. Disponível em: https://www.emerald.com/insight/content/doi/10.1108/IJLSS-03-2017-0021/full/html?skipTracking=true. Acesso em: 19 fev. 2020.

SAKUMOTO, S. M.; DE GENARO CHIROLI, D. M.; DZULINSKI, A. C. Using Lean Six Sigma to Increase Efficiency of a Grain Receipt Process of a Brazilian Agroindustry Cooperative. American Journal of Engineering and Applied Sciences, v. 12, p. 214.226, 2019. DOI: 10.3844/ajeassp.2019.214.226. Disponível em: https://thescipub.com/abstract/10.3844/ajeassp.2019.214.226. Acesso em: 20 jun. 2019.

SALAH, S.; RAHIM, A.; CARRETERO, J. A. The integration of Six Sigma and lean management. International Journal of Lean Six Sigma, v. 1, n. 3, p. 249–274, 2010.

SABA E SILVA, Guilherme; DE GENARO CHIROLI, Daiane Maria de. Lean manufacturing: ações de melhorias em empresa metalmecânica. Navus - Revista de Gestão e Tecnologia, Florianópolis, v. 10, p. 01-13, jan. 2020. ISSN 2237-4558. Disponível em: http://navus.sc.senac.br/index.php/navus/article/view/996. Acesso em: 19 feb. 2020. doi:https://doi.org/10.22279/navus.2020.v10.p01-13.996.

SNEE, R. D. Lean Six Sigma – getting better all the time. International Journal of Lean Six Sigma, v. 1, n. 1, p. 9–29, 2010.

STAATSA, B. R., D. J. Brunnerb, and D. M. Upton. Lean Principles, Learning, and Knowledge Work: Evidence from a Software Services Provider. Journal of Operations Management, n. 29, p. 376–390, 2011.

WHEELER, D.J. The Six Sigma Practitioner's Guide to Data Analysis. Tennessee: SPC Press Knoxville, 2010.

WERKEMA, Maria Cristina Catarino. Criando a cultura Seis Sigma. 2. ed. Belo Horizonte: Werkema Editora, 2012.




DOI: https://doi.org/10.22279/navus.2020.v10.p01-18.1202

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN - 2237-4558 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

 

Desde 18/10/2017

 

Licença Creative Commons

Os originais publicados na Navus estão disponibilizados de acordo com a Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil.