Modelo de indicadores de gestão de pessoas em pequenas e médias empresas de construção

Vilmar Roque Pereira, Marcelo Fabiano Costella, Francieli Dalcanton

Resumo


O objetivo deste artigo foi aplicar um modelo de indicadores de gestão de pessoas em pequenas e médias empresas da construção civil. A aplicação da pesquisa foi realizada em quatro empresas de construção civil, construtoras de edifícios residenciais, na cidade de Chapecó/SC. O modelo proposto teve como base o método de gestão de pessoas de Ivancevich. Inicialmente, foi realizado um diagnóstico nas empresas por meio de um questionário contendo 25 itens (cada item corresponde a uma atividade em gestão de pessoas). Em seguida, foram classificados 12 itens considerados mais importantes pelos gestores das empresas. Na sequência, foi definido o modelo de indicadores proposto contendo 12 procedimentos, instrumentos de medição (formulários padrões) e indicadores de desempenho. Finalmente realizou-se a aplicação prática do modelo com a participação do gestor de obra. Entre os resultados obtidos destaca-se o indicador de candidatos recrutados com o perfil da vaga desejada, no qual apenas 25% dos candidatos recrutados apresentaram o perfil desejado, o indicador de treinamento admissional mostrando que 100% dos candidatos contratados foram treinados e o indicador de verificação dos terceirizados revelando que, em uma das empresas pesquisadas, mais de 50% dos itens avaliados apresentaram não conformidade. Concluiu-se com esta pesquisa que as empresas da construção civil precisam adotar um modelo de gestão de pessoas estruturado com indicadores, havendo a participação de todos os envolvidos no processo.


Palavras-chave


Modelo de indicadores. Gestão de Pessoas. Gestor de Obras. Construção civil.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


AMBERG, Joe J; MCGAUGHEY, Sara L. Strategic human resource management and inertia in the corporate entrepreneurship of a multinational enterprise. The International Journal of Human Resource Management, v. 30, n. 5, p. 759-779, mar. 2019.

BICHUETTI, Jose Carlos. Gestão de pessoas não é com o RH. São Paulo: Lafonte, 2011.

BOON, Corine; DEN HARTOG, Deanne N; LEPAK, David P. A Systematic Review of Human Resource Management Systems and Their Measurement. Journal of Management, v. 45, n. 6, p. 2498-2537, jul. 2019.

BORGES, Valmir Sales; BRANDÃO, Susany Sales; MARINHO, Eliane Costa Pinto. Análise da gestão de RH na construção civil: teoria x prática. Pesquisa operacional para o desenvolvimento, v. 2, n. 1, p. 1-86, jan./abr. 2010.

BRANDENBURG, Stefanie; HAAS, Carl T.; BYROM, Keith. Strategic Management of Human Resources in Construction. Journal of Management in Engineering, v. 22, n. 2, p. 89-96, abr. 2006.

BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. Norma Regulamentadora 18: Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção. Brasília: MTE, 2018.

BROCKMAN, J. L. Interpersonal Conflict in Construction: Cost, Cause, and Consequence. Journal of Construction Engineering and Management, v. 140, n. 2, p. 1-12, fev. 2014.

CHEN, L.; MOHAMED, S. The strategic importance of tacit knowledge management activities in construction. Construction Innovation, v. 10, n. 2, p. 138-163, 2010.

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. 4. ed. Barueri: Manole, 2014.

CHINOWSKY, P; CARRILLO, P. Knowledge Management to Learning Organization Connection. Journal of Management in Engineering, v. 23, n. 3, p. 122-130, jul. 2007.

CLARKE, Linda, HERMANN, Georg. Skill shortages, recruitment and retention in the house building sector. Personnel review, v. 36, n. 4, p. 509-527, 2007

DAINTY, Andrew; GRUGULIS, Irena; LANGFORD, David. Understanding construction employment: the need for a fresh research agenda. Personnel Review, v. 36, n. 4, p. 501-508, 2007.

DEMO, Gisela; FOGAÇA, Natasha; COSTA, Ana Carolina. Políticas e práticas de gestão de pessoas nas organizações: cenário da produção nacional de primeira linha e agenda de pesquisa. Cadernos EBAPE.BR, v. 16, n. 2, p. 250-263, abr./jun. 2018.

DOM, N. M.; KASIM, N.; SHAMSUDIN, A. Framework of human resource planning (HRP) influencing factors for local workforce supply in Malaysian construction industry. Journal of Technology Management in China, v. 7, n. 2, p. 177-197, maio 2012.

ESMI, R.; ENNALS, R. Knowledge management in construction companies in the UK. AI & Society, v. 24, n. 2, p. 197-203, mar. 2009.

IVANCEVICH, John M., Human Resource Management. 11. ed. Boston: Mc Graw Hill, 2010.

LAUFER, Alexander. Aptitude development of civil engineers for the management of human resources in construction projects. International Journal of Project Management, v. 5, n. 4, p. 209-216, nov. 1987.

MARRAS, Jean Pierre. Gestão de pessoas em empresas inovadoras. São Paulo: Futura, 2005.

MELEK, Marlos Augusto. Trabalhista! E Agora? Onde as empresas mais erram. Curitiba: Estudo Imediato Editora, 2016.

PATHIRAGE, C. P.; AMARATUNGA, D. G.; HAIGH, R. P. Tacit knowledge and organizational performance: construction industry perspective. Journal of Knowledge Management, v. 11, n. 1, p. 115-126, fev. 2007.

PEREIRA, V. R. Validação de um modelo de indicadores de gestão de pessoas em pequenas e médias empresas da construção civil. 2017. 142 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia e Gestão da Inovação) - Universidade Comunitária da Região de Chapecó, Chapecó, 2018.

RAJA, J. Z.; GREEN, S. D., LEIRINGER, R.; DAINTY, A.; JOHNSTONE, S. Managing multiple forms of employment in the construction sector: implications for HRM. Human Resource Management Journal, v. 23, n. 3, p. 313-328, jul. 2013.

SALGADO, Julio Cesar Pereira. O mestre de obras. In: SALGADO, Julio Cesar Pereira (org.). Mestre de obras: gestão básica para a construção civil. 1. ed. São Paulo: Érica, 2011. p. 19-25.

SAMPIERI, Roberto Hernández; COLLADO, Carlos Fernández; LUCIO, María del Pilar Baptista. Metodologia de Pesquisa. 5. ed. Porto Alegre: Mc Graw Hill, 2013.

TAVARES, Aureliano da Silva; LONGO, Orlando; SUETH, Robson. Conflitos na gestão de pessoas na construção civil: um estudo descritivo. In: SIMPOSIO DE EXCELENCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA, 11., 2014, Resende. Anais Eletrônicos [...]. Resende: Associação Educacional Dom Bosco, 2014.

ZHAI, Xiaofeng; LIU, Anita M. M.; FELLOWS, Richard. Role of Human Resource Practices in Enhancing Organizational Learning in Chinese Construction Organizations. Journal of Management in Engineering, v. 30, n. 2, p. 194-204, mar./abr. 2014.




DOI: https://doi.org/10.22279/navus.2020.v10.p01-18.1072

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




NAVUS - Revista de Gestão e Tecnologia, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN - 2237-4558 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

 

Desde 18/10/2017

 

Licença Creative Commons

Os originais publicados na Navus estão disponibilizados de acordo com a Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil.